Mirabolatório: consultoria e [co]criação de projetos benfeitores

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Pílulas mirabolantes #5 - Marcas que estão revolucionando a forma de vender

Existe uma grande diferença entre vender e servir. A venda é quando você oferece um produto a alguém que pode pagar por ele. Um serviço é quando você presta um cuidado para uma pessoa. Servir é maior e mais importante do que vender. E os consumidores estão despertando para esse fato e começando a exigir das marcas o ato de servir ao invés de apenas o ato frio do vender.

A agência de tendências Trendwatching mostra como o que eles chamam de "servile brands" (marcas que servem) fazem toda a diferença na hora de uma escolha ou um produto por parte de um consumidor. É uma nova visão de mundo, baseada no cuidado como valor principal na relação empresas-pessoas.


Além disso, a abundância de ofertas faz com que apenas as marcas mais sociais consigam sobreviver. O boca-a-boca 2.0, ou seja, o que as pessoas falam de uma marca na internet, cada dia mais recebe uma relevância imensa. Pessoas confiam em pessoas, e a opinião de um amigo é muito mais forte do que qualquer propaganda que você possa fazer de uma marca. O discurso perde, a cada dia, para a experiência compartilhada. Boas marcas fazem bons serviços e incentivam a boa opinião circulando nas redes.

Por exemplo, a empresa Zappos, norteamericana que vende sapatos, possui um serviço onde você pode pedir quantos sapatos quiser em sua casa, testá-los e enviar de volta aqueles que não vai querer, tudo isso subsidiado pela própria empresa. Vale muito a pena assistir a esta palestra do CEO da Zappos, Tony Hsieh, durante o evento Business Innovation Factory. Ele fala sobre como o DNA de empresa é baseado no cuidado com o cliente, e dá diversos exemplos de como isso se desenrola no dia-a-dia: http://www.youtube.com/watch?v=CXQTQOsqUTA

Outra empresa em Dubai, chamado Red Tomato Pizza, criou um ímã de geladeira onde o cliente só aperta um botão e terá o seu pedido feito. Servir é pensar no cliente em primeiro lugar! Esses e outros exemplos você encontra aqui na pesquisa: http://trendwatching.com/pt/trends/servilebrands/

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Pílulas Mirabolantes #4 - Oportunidades

Você sabe a origem da palavra oportunidade? A etimologia das palavras diz muito sobre seus significados. Neste caso, oportunidade deriva do latim opportunus, que significa algo "favorável, adequado, desejável". Essa palavra nasceu de outra do latim, ob portus, que significa "em direção ao porto". Ou seja, as oportunidades são tudo aquilo que nos levam em direção ao porto desejável, os ventos oportunos.

Perché tu mi oda, le mie parole a volte si assottigliano come le orme dei gabbiani sulle spiagge.  Pablo Neruda
De olho no futuro, no porto que queremos chegar. Isso é captar as oportunidades.

Mirabolar significa estar de olho nas oportunidades. Ter claro em qual porto queremos chegar, e quais os ventos favoráveis que nos levarão até lá. Sua ideia mirabolante terá muito mais chances de acontecer caso você esteja olhando para as oportunidades certas que estão à sua volta.

Hoje, com a internet, é possível ter acesso a muitos sites que reúnem tendências e oportunidades. Por exemplo o Trendwatching, Coolhunting, Fast Company, Wired, Springwise e muitos outros.

Observação clara e crítica sobre o que acontece no mundo é um fator fundamental para que as oportunidades se transformem em realizações, mas também é preciso confiar na intuição. Como um atacante de futebol que, através do seu talento aliado com sua experiência e reconhecimento dos talentos do time, se posiciona na melhor parte do campo, antes de um cruzamento, e faz o gol decisivo.

Seguindo a metáfora do futebol, percebemos que as oportunidades se realizam através de um misto de talento, esforço (experiência) e trabalho em equipe. Cabe a nós saber agarrar as oportunidades e estar atento a elas.